Psicologia Aplicada: o que é?

Atualizado: Mai 4

Segundo a APA (American Psychological Association) “psicologia é o estudo da mente e do comportamento. A disciplina abrange todos os aspectos da experiência humana - das funções do cérebro às ações das nações, do desenvolvimento infantil ao cuidado dos idosos” (APA, 2018).


Psicologia aplicada é a utilização dos conhecimentos das teorias psicológicas para a solução de problemas práticos. Reúne áreas da psicologia tais como a psicologia clínica, as ciências cognitivas, sociais, entre outras.


E o que de fato faz a psicologia aplicada? Como se dá a aplicação dos conhecimentos na prática? De forma geral as pessoas conhecem - ou acham que conhecem - quais as atuações dos psicólogos.

A psicologia quando deixa de ser teórica passa a ser aplicada, da forma como podemos ver a seguir:

Psicologia aplicada à área clínica:

Aplicação das teorias psicológicas na clínica individual, de grupos, das várias faixas etárias, dos vários tipos de questões existenciais, situacionais e daí por diante.

1 - Questões existenciais: dúvidas sobre nosso papel no mundo e na sociedade, sobre as escolhas de vida que foram feitas e que ainda podem acontecer, autoconhecimento. 2 - Questões situacionais: envolvem acontecimentos atuais como escolha da profissão, mudança de carreira,mudanças, relacionamentos de toda ordem, luto, enfrentamento de problemas como pânico, ansiedade, depressão. As duas categorias de questões podem estar reunidas no motivo da busca das pessoas por um psicólogo.


Leia também "As diferenças entre psicólogo e psiquiatra"

Psicologia aplicada à empresas, escolas e demais instituições


Na forma de consultoria: envolve planejamento e execução de ações para melhoria das relações hierárquicas entre colaboradores e equipes, com os clientes finais. O objetivo é alcançar o incremento de resultados através da melhoria do clima organizacional e das relações entre as pessoas.

O foco da aplicação da psicologia é, de fato, atuar na resolução dos problemas e/ou questões apresentadas e não apenas na sua problematização.

Um ponto muito importante de distinguir aqui é a psicologia enquanto ciência e outras linhas de pensamento pseudocientíficas. Sem levantar polêmica, nos últimos tempos há um aparecimento de muitos “saberes sobre o comportamento” desempenhados e divulgados por não psicólogos, os ditos terapeutas, que podem levar as pessoas à confusão.

Um dos maiores fundamentos da psicologia enquanto ciência é o fato de ela não propor um dogma ou forma certa de agir, mas sim uma análise profunda sobre as causas do comportamento e das emoções.

Já as pseudociências psicológicas propõem modos ou técnicas sem se preocupar com a origem daquele fenômeno, prometendo resolução imediata e definitiva, o que nem sempre é verdadeiro.

Trend Nova Carlos Gomes

Torre Offices conjunto 1913

Av. Sen. Tarso Dutra, 565

Petrópolis | Porto Alegre | RS

CEP 90690-140

  • Psicologia Facebook
  • Psicologia YouTube
  • Psicologia Instagram

© 2020 Londero & Zogbi Serviços de Psicologia Ltda | CNPJ 32.185.520/0001-02

psicologos porto alegre .png